Terça, 05 de Julho de 2022 07:35
(71) 99256-3530
CIDADE ORGANIZAÇÃO

Caculé: Feira livre do município é organizada pela prefeitura após publicação de decreto

Prefeito deseja que Avenida Cônego Miguel Monteiro também passe por reorganização no trânsito

27/05/2022 15h39 Atualizada há 1 mês
2.352
Por: Josivan Vieira
Foto: Josivan Vieira
Foto: Josivan Vieira

O Decreto Nº 1.756/2022 que trata das regras para organização da feira livre do município de Caculé (BA) já está em prática. Na última quarta-feira (25) e nesta sexta-feira (27), funcionários da prefeitura e Polícia Militar acompanharam de perto a chegada dos feirantes na Praça Deoclides Cardoso, onde instruíram e orientaram acerca das modificações impostas pelo decreto. 

Solicitado pelo Ministério Público e acatado pela gestão municipal de forma rápida, a organização da feira dividiu opiniões, mas tem sido parabenizada pela maioria daqueles que frequentam o espaço e comercializam produtos. Para que a organização da praça pudesse acontecer, uma força tarefa foi montada pela administração pública, a fim de garantir uma celeridade no processo. 

Além de vagas para estacionamento e demarcação de espaço para montagem de barracas, a mudança também foi realizada nas ruas do entorno da praça, onde placas de sinalização foram instaladas para orientar os motoristas e pedestres acerca dos espaços para estacionamento rotativo, carga e descarga e acessibilidade dos portadores de necessidades especiais. Segundo informações passadas pela gestão municipal, a Avenida Cônego Miguel Monteiro também passará por uma reorganização semelhante à realizada na praça da feira. 

O processo de mudança

A nossa equipe conversou com o secretário de administração e finanças, Ricardo Santana, que afirmou que as mudanças estabelecidas são de suma importância para organização e funcionamento da feira do município. "Precisávamos desobstruir as vias públicas que estavam sendo tomadas pelas barracas de roupas, que impossibilitavam o tráfego de veículos”. Ricardo também lembrou que a desorganização da feira é uma queixa antiga da população. “A muitos anos a população caculeense vem passando por esses transtornos, principalmente os lojistas da região”, afirmou. 

Durante a conversa, o secretário também sinalizou que é preciso ter coragem e discernimento para conseguir colocar em prática essas mudanças, mas que com uma equipe empenhada, tudo ficou mais fácil. Questionado sobre a solicitação do MP-BA, Ricardo afirmou que a alteração no espaço já era um desejo do prefeito Pedro Dias, mas que foi reforçado pela solicitação da promotoria. 

Sobre o fluxo e o funcionamento após as modificações, a nossa equipe conversou com o Agente Administrativo da feira livre, Isaac Mattos, nos informou que foram poucos os transtornos, mas aos poucos todos foram resolvidos. Ele também achou importante lembrar que toda mudança gera uma certa estranheza, mas que logo todos devem estar acostumados com as novas orientações, visto que os clientes da feira e das lojas ao redor da praça, agora podem estacionar com maior facilidade, possibilitando uma rapidez durante as compras e consequentemente aumentando o lucro dos lojistas e feirantes. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias