Terça, 05 de Julho de 2022 06:45
(71) 99256-3530
MOBILIDADE CHUVA

BR-101 é parcialmente interditada por causa das fortes chuvas que atingem o extremo sul da Bahia

Situação acontece nas cidades de Itamaraju, Eunápolis e Itabela, fortemente prejudicadas por temporais nos últimos dias

10/12/2021 09h32
762
Por: Redação Fonte: G1-BA
Foto: Reprodução/TV Bahia
Foto: Reprodução/TV Bahia

A BR-101, uma das principais rodovias do país, teve trechos interditados no extremo sul da Bahia, por causa das fortes chuvas que atingem a região. A situação afeta as cidades Itamaraju, Eunápolis e Itabela.

Entre os municípios de Eunápolis e Itabela, a situação ocorre por causa do nível do rio do Peixe, que subiu e invadiu a pista. Por causa disso, uma longa fila de veículos se formou no local.

Já em Itamaraju, o caso ocorreu após o deslizamento de um barranco, no KM-820, da BR-101. Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estão no local.

Em Medeiros Neto, também no sul do estado, um rio transbordou, alagou a cidade e casas ficaram submersas. Não há informações de feridos.

Segundo relato de moradores da região, uma ponte da cidade ameaça cair. Um homem, que não foi identificado, ficou impressionado com a situação, registrou imagens nas redes sociais e lamentou.

"É inacreditável o que a gente está vendo aqui! Meu Deus do céu", diz.

Medeiros Neto, no sul da Bahia, fica alagada após rio transbordar durante chuva — Foto: Reprodução/TV BahiaMedeiros Neto, no sul da Bahia, fica alagada após rio transbordar durante chuva — Foto: Reprodução/TV Bahia

Outras cidades

Já na quarta-feira (8), cidades da região sul da Bahia amanheceram com estragos provocados pela chuva que atinge vários municípios, desde a noite de terça (7).

A situação mais grave é registrada em Jucuruçu, onde os rios Gado Bravo e Jucuruçu transbordaram e causaram sérios transtornos, deixando famílias desabrigadas. Alguns moradores foram resgatados de uma enchente com o auxílio de um colchão inflável.

Não há informações sobre feridos, no entanto, o poder público estima que mais de mil pessoas foram afetadas pela enchente e precisaram sair de suas casas, por causa dos riscos de desabamento. A prefeitura disponibilizou locais para receber os desabrigados: Escola Estadual, Creche Municipal, Secretaria de Educação e Auditório Municipal.

Já em Itamaraju, três pessoas da mesma família morreram soterradas e ao menos seis casas desabaram após um barranco deslizar. As vítimas estavam dentro de um dos imóveis.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias