Terça, 25 de Janeiro de 2022 16:25
(71) 99256-3530
GERAL MUNDO

Brownie de maconha de 400 kg vira hit, mas Guinness não crava recorde

Brownie com maconha preparado nos EUA tem 38 cm de altura

09/12/2021 11h37
220
Por: Redação Fonte: Uol
Foto: Reprodução/MariMed
Foto: Reprodução/MariMed

Celebrado todo dia 8 de dezembro nos Estados Unidos, o Dia Nacional do Brownie motivou uma empresa a preparar uma edição comemorativa da tradicional sobremesa. Com uma receita que inclui 20.000 mg de THC, substância psicoativa da maconha, os funcionários da MariMed cozinharam uma receita de 385 kg, possivelmente a maior já feita no mundo, e agora reivindicam o recorde. 

Segundo a empresa, o doce mede 91 cm de largura por 91 cm de comprimento, além de 38 centímetros de altura.

Representantes do Guinness World Records foram contatados para reconhecer a marca, mas não aceitaram a inscrição, pois alegaram que não recebem mais aplicações de histórias relacionadas a "consumo, preparação ou uso de tabaco, cannabis ou nicotina". 

A versão gigantesca do bolinho não foi preparada apenas por causa da data comemorativa e do recorde, mas também para lançar a nova linha de brownies com infusão de maconha da empresa, fabricante de uma série de produtos que têm a planta como ingrediente.

"Para muitos de nós, brownies caseiros foram nosso primeiro gosto de comestíveis com infusão de cannabis. A receita recria e eleva essa experiência nostálgica, infundindo cannabis de qualidade artesanal e espectro total em receitas atemporais", explicou Ryan Crandall, vice-presidente de vendas da MariMed. 

Feito com farinha, manteiga, ovos e açúcar, o doce é baseado em receitas caseiras já utilizadas há bastante tempo por entusiastas da gastronomia canábica. Cada unidade leva 5 mg de THC, medida dentro dos regulamentos de controle do estado de Massachusetts, local de produção da empresa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias