Quinta, 29 de Julho de 2021 04:58
(71) 99256-3530
POLÍTICA SELETIVIDADE

Bolsonarista, Dedé Santana receberá R$ 1,2 milhão pela Lei Rouanet

O humorista é apoiador do presidente Jair Bolsonaro. Em janeiro de 2020, Dedé participou de evento oficial em Brasília, no qual cantores sertanejos pediram o fim do benefício da meia-entrada

09/07/2021 07h53
280
Por: Redação Fonte: O POVO
Foto: Palácio do Planalto
Foto: Palácio do Planalto

Um dos fundadores do grupo de humor "Os Trapalhões", Dedé Santana foi autorizado a receber 1,2 milhão em patrocínios pela Lei Rouanet. O projeto, que é um circo que mistura cinema, teatro e performances de palhaços no interior de São Paulo, foi homologado nessa última terça-feira, 6, pelo ex-PM André Porciúncula Esteves, que atualmente comanda a Secretaria Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura. O artista se declara abertamente "bolsonarista".

O "Cine Circo Teatro Itinerante Dedé Santana", produção do ator, esteve nesta primeira leva de aprovações. O projeto teria quatro dias de espetáculos com um público final em cerca de 44 mil pessoas, segundo a proposta registrada.

Não é nova a relação do humorista com Jair Bolsonaro. Em 2018, seis dias antes do primeiro turno das eleições para presidente, Dedé visitou Bolsonaro, se referindo a ele como "meu mito" e "salvador". Esse encontro também teve a presença do humorista Paulo Cintura. Juntos, eles posaram em uma foto com o então candidato na época, que ainda se recuperava da facada.

Em janeiro de 2020, Dedé participou de evento oficial em Brasília, no qual cantores sertanejos pediram o fim do benefício da meia-entrada ao presidente. Logo depois, ele virou "alvo" de internautas nas redes sociais. O nome do comediante e ex-integrante de "Os Trapalhões" se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias