Quarta, 24 de Fevereiro de 2021 23:34
(71) 99256-3530
SAÚDE SEQUELAS

Covid-19 pode afetar fertilidade masculina, diz estudo brasileiro

Levantamento nacional mostra que 43% dos homens internados com a infecção apresentam problema em canal localizado atrás dos testículos

16/02/2021 13h49
180
Por: Redação Fonte: Metrópoles
Foto: Korrawin, Istock
Foto: Korrawin, Istock

De acordo com um estudo feito pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), o coronavírus pode afetar o sistema reprodutor masculino e interferir na fertilidade do paciente.

Foram analisados os casos de 26 homens com quadros leves e moderados da Covid-19 – 42,3% deles apresentou epididimite, uma inflamação no epidídimo, um canal que fica atrás dos testículos.

O órgão, que tem seis metros de comprimento quando não compactado, é um caminho obrigatório paras os espermatozoides. Lá, eles adquirem funções bioquímicas essenciais para a fertilização.

“Se os espermatozoides não passarem pelo epidídimo, há diminuição da fertilidade”, explica Jorge Hallak, um dos autores do estudo, ao Uol.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias