Quarta, 03 de Março de 2021 21:08
(71) 99256-3530
SAÚDE COVID-19

Em nota Conselho Federal de Medicina solicita exclusão imediata do aplicativo TratCov

Aplicativo criado para agilizar o trabalho médico estava receitando deliberadamente medicamentos contra indicados por órgãos internacionais de saúde

21/01/2021 14h45 Atualizada há 1 mês
215
Por: Josivan Vieira
Foto - ABC
Foto - ABC

Em nota divulgada à imprensa nesta quinta-feira (21), o Conselho Federal de Medicina (CFM) informou que solicitou ao Ministério da Saúde a remoção imediata do aplicativo TratCov do ar. 

A análise da aplicação foi realizada após denúncia e forte pressão nas redes sociais na última quarta-feira (20). O tópico também chegou a ser um dos assuntos mais comentados no Twitter. O Conselho informa  ter encontrado diversas inconsistências na ferramenta sendo elas a “Não preserva adequadamente o sigilo das informações”, “Permite seu preenchimento por profissionais não médicos” e, “Induz à automedicação e à interferência na autonomia dos médicos”.

Nota enviada a impressa

Médicos comemoraram em seus perfis a decisão do Conselho, mas cobram firmeza e agilidade por parte do órgão. O cientista Paulo Lotufo chegou a afirmar que este tipo de ação realizada pelo aplicativo é crime contra a saúde pública. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias