Quarta, 27 de Maio de 2020
77 98103-4200
CIDADE FALTA DE COMUNICAÇÃO

Caculé: Secretaria de Saúde omite informações sobre o coronavírus e acusa site de produzir “Fake News”

Tanto o prefeito, José Roberto Neves, quanto o secretário de saúde, Ricardo Silva e Silva, bloquearam o número do Whatsapp do site para que não fossem “importunados” por nós.

02/04/2020 17h12 Atualizada há 2 meses
1.357
Por: Aloísio Costa
Como as principais fontes de informação “se fecharam” para o site, o Informe Cidade se ver na condição de ter que buscar informações somente em fontes secundárias. Foto: Aloísio Costa.
Como as principais fontes de informação “se fecharam” para o site, o Informe Cidade se ver na condição de ter que buscar informações somente em fontes secundárias. Foto: Aloísio Costa.

Mesmo em tempos de pandemia, onde a informação tem sido uma das principais ferramentas no combate à proliferação do coronavírus (COVID-19), o Governo de Caculé, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, tem mantido uma política de perseguição ao site Informe Cidade, se privando de prestar informações ao veículo sobre os casos de coronavírus na cidade.

Nesta quinta-feira (02), em declaração a um veículo de comunicação ligado ao Governo de Caculé, a Secretaria de Saúde disse que não eram verdadeiras as informações publicadas na noite de ontem (1º) pelo site Informe Cidade na matéria de título: CACULÉ: NOVOS CASOS SUSPEITOS DE CORONAVÍRUS SERIAM DE DOIS HOMENS QUE CHEGARAM DE BRASÍLIA.

Desde o dia 18 de março, quando se iniciaram no município as ações de combate à proliferação do coronavírus, o site Informe Cidade tem exercido, de forma plena e imparcial, o seu papel de informar as pessoas sobre os fatos relacionados ao COVID-19, tanto no que se refere à doença (como formas de prevenção e cuidados), e, sobretudo, nas medidas adotadas pela gestão municipal, como o fechamento do comércio, suspensão das aulas, entre outras.

“Isso porque, acreditamos, independentemente de qualquer posicionamento político/ideológico, que o momento agora é de união em prol de um bem maior que é o bem estar da população. Pessoas bem informadas, esclarecidas e com conhecimento dos fatos, terão uma capacidade maior te tomar decisões, de se proteger, se cuidar e assim cuidar também dos outros”. Destaca o jornalista Aloísio Cota, mantenedor do site Informe Cidade.

Infelizmente este mesmo pensamento não é comungado pelo Governo de Caculé, neste caso específico, pela Secretaria de Saúde do município. Nos últimos 15 dias, em momento algum, houve, por parte o Governo de Caculé e da citada secretaria, qualquer tipo de contato com o site, seja para divulgar uma Nota, publicar um comunicado, informar a população de algum fato ou qualquer coisa do tipo. Muito pelo contrário. Tanto o prefeito, José Roberto Neves, quanto o secretário de saúde, Ricardo Silva e Silva, bloquearam o número do Whatsapp do site para que não fossem “importunados” por nós. O ato, além de uma demonstração de covardia, reflete a falta de preocupação da gestão em manter a população do município bem informada. Além disso, a nosso ver, coloca em dúvida tudo aquilo que é publicado pela gestão nos veículos de comunicação ligados a ela, inclusive financeiramente. “Quem é pago pra falar, fala o que o dinheiro compra.”

Como as principais fontes de informação “se fecharam” para o site, o Informe Cidade se vê na condição de ter que buscar informações somente em fontes secundárias, o que de fato não é o ideal para o bom jornalismo. E foi isso que aconteceu no caso do notícia apontada por eles como “Fake News”.

Ao tomarmos conhecimento de que havia dois novos casos suspeitos de coronavírus na cidade, fomos, novamente, tentar contato com o prefeito e com o secretário de saúde, no entanto os números eram mantidos bloqueados para contato via Whatsapp e para ligações. Tentamos contato também com a diretoria do Hospital Nossa Senhora Aparecida onde questionamos: “Vocês têm mais informações sobre esses dois casos suspeitos aqui em Caculé?” A pessoa, de nome “Keila”, respondeu: “Não. Só sei que estão em isolamento domiciliar.” Ao ser questionada pelo site se essas pessoas eram de fora, qual era o sexo, idade e se eram da mesma família, a “Keila”, disse: “Vou perguntar a enfermeira da vigilância aqui, pois a informação que tenho é só essa mesmo, são dois homens.” Dissemos então que aguardaríamos mais informações. Até o momento da publicação dessa matéria a “Keila” não nos retornou.

Antes de publicar a matéria (CACULÉ: NOVOS CASOS SUSPEITOS DE CORONAVÍRUS SERIAM DE DOIS HOMENS QUE CHEGARAM DE BRASÍLIA), entramos em contato também com um funcionário do HNSA que nos disse: “A informação que temos aqui é que esses casos são de dois homens que vendem cofres e que chegaram há pouco tempo de Brasília. Mas o pessoal aqui não quer que a gente converse muito não. Inclusive estão suspeitando de um outro caso, mas ainda está em ‘off’”, disse o funcionário que, por questões óbvias, não iremos identificar.

“Desse modo, não somos capazes de afirmar que as informações publicadas por nós são falsas ou verdadeiras. Diante de tudo que já vimos e da forma como eles estão agindo, se blindando a dar informações ao site, podemos supor também que eles não estejam falando a verdade.” Rebate o mantenedor do Informe Cidade.

A nossa maior preocupação sempre foi a busca pela informação de qualidade, e temos feito isso ao longo dos últimos 10 anos, desde quando o site foi criado. Não seria problema nenhum para nós pedirmos desculpas e reconhecemos um erro.

Portanto, caso as informações não tenham sido as mais precisas, de antemão nos desculpamos com os nossos leitores e com aqueles que, de alguma forma, direta ou indiretamente, tenham se sentido prejudicados com a publicação.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (28/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Sexta (29/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Ele1 - Criar site de notícias